Bolos, quanto devo cobrar?

Saber quanto cobrar acertadamente pelo seu trabalho é uma tarefa difícil. É a dúvida mais frequente de quem está começando. Aqui devo abrir um parêntese para deixar claro que o preço do seu trabalho é o valor que você dá pra ele, porque tem a sua mão de obra (que você pode cobrar o quanto quiser), tem o valor do tempo gasto na confecção do bolo e também devemos observar o poder aquisitivo do nosso público alvo. Não adianta cobrarmos muito se estamos vendendo em locais que as pessoas não vão poder pagar por esse preço. Como vemos, devemos levar em consideração vários fatores.

Dica: você é o melhor avaliador do seu trabalho. Se você acha que fez um trabalho magnífico, diferenciado, cobre o preço justo por ele. Não queira ser reconhecida por ‘aquela confeiteira barateira’. Tem ocasiões que é melhor perder a venda.

Começando a ser profissional

Faça fichas técnicas de todas as receitas que você vai comercializar. Dá trabalho? Sim, mas simplifica depois. Você pode incluir mais informações, como modo de preparo, utensílios necessários para executar a receita e a forma de servir cada bolo. Armazene as fichas como se fosse um caderno de receitas, físico ou virtual.

post 1

Use uma planilha com fórmulas para facilitar o cálculo. Uma vez que você tenha em mãos todos os ingredientes de que vai precisar, calcular o valor total de um bolo fica bem simples. Lembre-se que o preço dos insumos nesta planilha deve estar sempre atualizado, para que você não tenha prejuízo. Ao colocar a quantidade de cada ingrediente, a planilha calcula seu custo automaticamente, baseado no preço unitário que você forneceu. Veja a seguir:

post 2

Você deve ter na planilha também o valor da sua mão de obra, gastos extras como desmoldante, papel manteiga, papel alumínio, água, luz, gás, detergente. Para incluir outros itens na planilha, basta inserir linhas antes do final da tabela respectiva e puxar a fórmula para a célula abaixo na coluna ‘valor utilizado’. Se você não tiver algum conhecimento de Excel, peça ajuda!

Agora vamos para o que mais nos interessa: o valor final! Some o valor gasto nos ingredientes, no material, nos custos extras mais o valor da mão de obra. Essa planilha vai lhe mostrar o gasto real e o valor de revenda. Na planilha que vou disponibilizar para vocês há também a tabela de equivalência culinária, que transforma todas as medidas em gramas.

post 5
Bônus

Essa ilustração ajudará você a saber qual tamanho de bolo indicar, dependendo da quantidade de convidados.

post 3

Agora é só colocar a mão na massa e começar a lucrar com seu trabalho.

Boas vendas!

Até o próximo post! 👩🏻‍🍳

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.